Pouca gente conhece essa modalidade de investimentos, então decidi escrever sobre o Peer to Peer Lending e mostrar um aporte que eu fiz.

Resumindo, “Peer to Peer Lending” é uma modalidade de empréstimo coletivo que pessoas físicas fazem para empresas.

Para empresas: é uma oportunidade de conseguir crédito com custos abaixo do mercado.
Para investidores: é uma oportunidade de emprestar dinheiro para empresas, recebendo juros acima dos investimentos tradicionais do mercado (alto risco).
É importante dizer que, caso a empresa tenha problemas para pagar as parcelas do empréstimo, o risco é todo do investidor.

Existem hoje diversas plataformas que proporcionam a possibilidade de pessoas físicas investirem em empresas de capital privado (não listadas na bolsa), eu escolhi essa daqui. Se você decidir se cadastrar e investir, use o link do blog e faça cair umas jujubas na conta do Stark, não custa nada a mais por isso e você me motiva a continuar escrevendo!
Clique aqui e conheça a plataforma que eu uso.

iouu
Nessa imagem, você pode ver como fica disponível uma oportunidade de investimento na plataforma.

São disponibilizados diversos números da empresa, para que você possa analisar (como se fosse uma empresa da Bolsa de Valores) e tomar sua decisão.

Este é um investimento de alto risco, portanto esteja atento ao seu perfil de investidor antes de fazer este investimento.

olinda enxo
Este é um investimento de R$ 1.000 que eu fiz, emprestando para a empresa Olinda Enxovais, a uma taxa de 23,73% ao ano, em 24 parcelas.
Quando fiz este investimento, eu só investia em renda fixa (tesouro direto e títulos privados). E aí decidi diversificar e conseguir taxas um pouco maiores.
Até o momento, recebi os pagamentos certinho… Porém confesso que dá um frio na barriga todo mês, pensando que a empresa não vai pagar.

É claro que as taxas maiores são oferecidas em operações com maiores riscos. Eu particularmente recomendo que você conheça sobre balanços patrimoniais e tenha boas noções para entender sobre a saúde financeira da empresa para arcar com seus pagamentos. Porém, acho muito legal conhecer novas formas de investimento com retornos bem altos em relação à outros investimentos.

Conheça a plataforma que utilizo, se cadastre e analise as empresas – mesmo que decida não investir nelas. É uma boa fonte de aprendizado.

Lembre-se, este blog reflete minhas decisões pessoais de investimento e NÃO SÃO recomendações de investimento.