Influenciado pelo Guardião do Zé Mobral e alguns outros colegas da finansfera (como o BPM), decidi abrir minha carteira de bitcoins e “brincar” com criptomoedas.

Sempre li bastante sobre o tema, mas nunca entrei.

Não considero que este seja um ativo para investir no longo prazo, portanto, estou considerando como se colocasse R$ 300,00 em um joguinho para “brincar” de trade.

É pura e simples diversão. Não tem a ver com minha estratégia de investimentos, nem nada parecido. Não tenho paciência nem tempo pra ficar fazendo trade o dia inteiro, muito menos estômago pra alocar muito capital nisso.

Eu tenho minhas próprias “regras pessoais”, e uma delas é a de alocar – no máximo – 5% do meu patrimônio em capital de risco. Atualmente, não estou utilizando nem 1% do meu capital em ativos de risco, que são dois: Peer to Peer (emprestando dinheiro “diretamente” para empresas) e Bitcoin.

O principal motivo de comprar bitcoin é puro “entretenimento”. Você pode me chamar de louco, ou qualquer coisa parecida, mas é bem interessante fazer pequenos trades – compras e vendas – obtendo ali alguns pequenos lucros ou uma dose de adrenalina.

Portanto, entra pra minha carteira R$ 300,00 em bitcoins, tirando a taxa de corretagem, 0,0072678 Bitcoin.

(Custo do Bitcoin: 41.277,96)