Decidi fazer algumas alterações no fechamento.
Passei a desconsiderar o valor dos carros e também do dinheiro em espécie (valor que utilizamos para as despesas mensais + reserva de emergência).
Até mesmo porque aqui o objetivo é fazer um registro dos meus investimentos, portanto entendo não ser necessário acompanhar a reserva de emergência + depreciação dos carros da família.

Portanto, vou editar o primeiro post de fechamento e este já considerará a edição.

OUTUBRO/2018
Outubro foi um mês importante para o Brasil. Com um novo presidente eleito e mais governadores, temos agora um vislumbre de como será o cenário econômico no próximo ano.
Tenho uma empresa e presto serviço para um único cliente atualmente. Cliente este que considero a empresa onde trabalho.
Na empresa onde trabalho, os sócios estão muito animados com o novo presidente, e já anunciaram novos investimentos para o ano que vem. O que é bastante positivo pra mim, já que meus recebíveis estão diretamente ligados ao crescimento da empresa.

APORTE & COMPRAS DO MÊS = R$ 8.497,50
Comprei 75 ações da Petrobras (PETR3) após o anuncio do novo presidente. Minha análise foi a de que o mercado vai olhar a empresa com melhores olhos, e também alguns investimentos do pré-sal vão sair da gaveta. Portanto decidi abrir posição na PETR3 e vou aumentar essa posição de acordo com a evolução da gestão da empresa.
Também decidi pegar R$ 6.000 que estavam parados na poupança e amortizar no meu imóvel. Considerando que atualmente a rentabilidade da poupança é 4.55%a.a. e meu financiamento imobiliário é de 7.5a.a., fiz um ótimo negócio, apesar de perder liquidez.

COMPORTAMENTO DA CARTEIRA
Minha carteira de Renda Variável cresceu pouco após a aquisição da Petrobras, e foi puxada pra baixo com a forte queda do FII NOVO HORIZONTE, que caiu cerca de 12%. Sorte que ITAUSA (+17,8%) e SANTANENSE (+14,9%) seguraram o resultado da carteira, junto com o crescimento sólido dos fundos de investimentos, na casa dos 6%.

DESPESAS
Minha despesa superou as expectativas, pois ainda sigo fazendo pequenas melhorias no meu imóvel.
Não vejo a hora de finalizar o MBA para aumentar meus aportes mensais e encurtar meu prazo de Independência Financeira.

METAS 2018
– Fechar 2018 com patrimônio de R$ 170.000;
– Fechar 2018 com peso de 112 kg.
– Fechar 2018 com qualquer projeto que gere alguma renda extra.

SAÚDE
Peso 117,60 kg – Ganhei inacreditáveis 3kg.
Tirei férias de 1 semana e isso foi determinante para me tirar do foco da dieta e das caminhadas/corridas. Fiquei praticamente todo o mês parado, me alimentando mal e focando mais no trabalho do que na saúde. Preciso melhorar para o próximo mês.

CONSIDERAÇÕES FINAIS
Este mês vou desenhar minhas metas de curto prazo.
O fato de ter uma meta de longo prazo é bom, mas torna nosso sonho um pouco distante. Então acho melhor fazer pequenas metas ao longo do caminho para tentar encurtá-las. Aumentei os aportes na amortização da casa, o que foi uma grande vitória pra mim, e também minha posição em renda variável.
Acredito que minha estratégia para os próximos meses será focar nisso, reduzir meu prazo de financiamento (e pagar menos juros) e também tentar aumentar meu aporte para R$ 3.000 em ativos.

EMPRESAS NO PORTFÓLIO
AÇÕES
SANTANENSE [CTSA3]
TAESA [TAEE11]
ITAÚSA [ITSA4]
ENGIE [EGIE3]
PETROBRAS [PETR3]

FUNDOS IMOBILIÁRIOS
VINCI SHOPPING CENTERS [VISC11]
NOVO HORIZONTE [NVHO11]

FUNDOS DE AÇÕES
DAYCOVAL CLASSIC FIRF CP
DAYCOVAL MULTIFUNDS FIC FIM

EMPRÉSTIMO PEER TO PEER
OLINDA ENXOVAIS

Nota: Uso este blog para registro do meu patrimônio pessoal. Não faço recomendações de investimentos e nem tenho autorização para fazê-lo. Busque conhecimento, estude bastante e tire suas próprias conclusões sobre os investimentos do mercado. Não siga “conselhos”, faça seu próprio caminho.