Além do aporte no exterior, como descrevi no meu último post, decidi mandar R$ 5.000,00 para a Easynvest, para balancear minha carteira brazuca.

Não comprei novas ações ou fundos imobiliários, somente aumentei minha posição em alguns ativos.

Seguem as compras deste mês:

50 cotas de MXRF11 a R$ 11,69 cada (Total de R$ 584,50);

2 cotas de KNRI11 a R$ 179,97 cada (Total de R$ 359,94);

3 cotas de ABCP11 a R$ 100,06 cada (Total de R$ 300,18);

8 cotas de VISC11 a R$ 134,81 cada (Total de 1.078,48);

4 cotas de ALZR11 a R$ 118,00 cada (Total de R$ 472,00);

5 cotas de HGBS11 a R$ 285,30 cada (Total de R$ 1.426,50);

40 ações de ITSA4 a R$ 13,49 cada (Total de R$ 539,60);

20 ações de ABEV3 a R$ 18,46 cada (Total de 369,20);

O aporte total (dinheiro novo + saldo na corretora) foi de R$ 5.130,40, totalizando em dezembro um aporte total (BR + EUA) de R$ 9.496,26.
Foco total em aumento de aportes!
Essa é a melhor estratégia para atingir meus objetivos.

Como já escrevi por aqui diversas vezes, não importa o quanto você ganha, o que importa é quanto você aporta e acumula.

Seu patrimônio não aumenta quando você é promovido no trabalho e aumenta também suas despesas.
Só aumenta quando você realmente aumenta os aportes e foca no longo prazo.

Grande abraço!