Aportei em 3 ações de empresas, apesar de observar que minha carteira está “pedindo” por mais aportes no exterior e em fundos imobiliários, achei importante iniciar posição em Odontoprev, Energias do Brasil e aumentar posição em Bradesco.

ENBR3 – Energias do Brasil – 100 ações a R$ 19,63 cada. Sem corretagem. Total: R$ 1.963.
Empresa há mais de dez anos com resultados consistentes e crescimento. Justamente o que eu busco em uma empresa para ser sócio. Já tinha decidido que ela ia entrar na carteira, então chegou a hora. Agora é só aumentar a posição ao longo dos meses.

ODPV3 – Odontoprev – 100 ações a R$ 18,31 cada. Sem corretagem. Total: R$ 1.831.
Empresa com gestão brilhante. Simplesmente “redondinha”. Cresce pouco, mas consistente. Simplesmente há anos crescendo e aumentando os lucros. Impossível não ser sócio.

BBDC3 – Bradesco – 20 ações a R$ 35,04 cada. Sem corretagem. Total: R$ 700,80.
Minha posição em bancos já estava relativamente alta quando decidi aportar no Bradesco. Com 20 bilhões de lucro anual, crescendo sempre…. Não tinha como deixar fora da carteira.

Identifiquei dois problemas que estavam “comprometendo” minha evolução patrimonial.

  1. Sempre sobrava um saldo na corretora, seja de dividendos/rendimentos do mês, ou resquício dos aportes principais. Como era “pouco”, eu deixava pra somar no aporte do mês seguinte, já que a corretagem da Easynvest para ações é de R$ 10,00;
  2. Percebi que quase 0,40% da minha evolução patrimonial foi utilizada para pagar justamente essa taxa de R$ 10,00. Ora bolas.. Se isso está me impedindo de reinvestir rapidamente os dividendos/rendimentos, e também está “comendo” um pedaço do meu patrimônio no final do mês… Decidi parar de pagar taxas para isso.

imagem-clear-1-770x478easynvest
Sempre fui cliente fiel da Easynvest, mas não acho nada legal olhar no final do ano e ver que consumi 0,40% da minha evolução patrimonial com taxas. Portanto, a partir de agora, estou aportando na Clear Corretora. Pensei em fazer pelo Banco Inter, pois já sou cliente do banco, mas sinceramente acho os aplicativos pouco amigáveis (PF e PJ), imagino que para utilizar o home broker, devo passar pelo mesmo problema.

Como sou um investidor de longo prazo, sinceramente não faz diferença ter uma ótima plataforma de home broker (como muitos criticam a da Clear). Então, vamos em frente!!

Obs.: Mais pra frente, vou fazer a migração dos meus investimentos da Easynvest para a Clear. Não farei agora, pois sei que é um procedimento um pouco burocrático (inclusive é necessário ir ao cartório), e não tenho muito tempo pra isso.

Um abraço!

 

Nota: Uso este blog para registro do meu patrimônio pessoal. Não faço recomendações de investimentos e nem tenho autorização para fazê-lo. Busque conhecimento, estude bastante e tire suas próprias conclusões sobre os investimentos do mercado. Não siga “conselhos”, faça seu próprio caminho.