Este é o meu primeiro registro de patrimônio no Blog.

EMPRESAS NO PORTFÓLIO

AÇÕES
SANTANENSE [CTSA3]
TAESA [TAEE11]
ITAÚSA [ITSA4]
ENGIE [EGIE3]

FUNDOS IMOBILIÁRIOS
VINCI SHOPPING CENTERS [VISC11]
NOVO HORIZONTE [NVHO11]

FUNDOS DE AÇÕES
DAYCOVAL CLASSIC FIRF CP
DAYCOVAL MULTIFUNDS FIC FIM

EMPRÉSTIMO PEER TO PEER
OLINDA ENXOVAIS

COMENTÁRIOS SOBRE A CARTEIRA
Comecei a investir no final de 2017, direcionando 100% dos aportes em Renda Fixa.
Além do Tesouro Direto, consegui comprar cotas com boas taxas em CDI’s de médio prazo (14%a.a., IPCA + 13%, etc) e também investi em algumas debêntures.
Apenas há 4 meses descobri o mercado de ações e de fundos imobiliários. Desde então,
não aportei mais em renda fixa e direcionei 100% dos aportes na construção de uma boa
carteira de ações e fiis. Meu objetivo inicial é ter 70% da carteira em renda variável,
fazendo com que os dividendos caiam mensalmente e sejam reaplicados na construção do patrimônio.
Tenho sinceras dúvidas se mantenho o carro na relação de ativos, pois é um bem que deprecia mais de R$ 1.000 mensais, o que me desmotiva bastante (e ainda tem o carro da esposa)!
***Atualização em 04/Nov/18 – Decidi tirar os valores em espécie/reserva de emergência e também o carro da evolução patrimonial.

APORTE MENSAL – R$ 2.500.
Este é um ponto que tem me incomodado muito.
Eu aporto cerca de 15% dos meus rendimentos hoje.
Até começar a acompanhar a evolução patrimonial da galera dos blogs, eu me achava O GRANDE APORTADOR. Agora vejo que sou “fichinha” (rs) e que preciso evoluir.
Se eu quiser realmente chegar na minha meta de independência financeira, eu preciso
aumentar meus aportes.
Existem dois grandes fatores que me motivam.
Minha previsão de médio/longo prazo é muito boa, pois em alguns anos vamos parar de pagar o financiamento da nossa casa (+R$2.000), o que vai fazer com que eu
praticamente dobre meus aportes, também acabo o MBA no ano que vem, e
isso vai ajudar muito (+R$1.400)!
Com o encerramento dessas duas grandes contas, meus aportes vão beirar os R$ 6.000.
Isso tem me motivado bastante em seguir em frente.

PROJEÇÃO
Projeto fechar 2018 com R$ 170.000, sei que vai ser difícil bater esta meta, mas vou tentar utilizar a restituição de imposto de renda, vender algumas quinquilharias que temos em casa e também tentar amortizar o financiamento imobiliário (aumentando o valor do patrimônio do imóvel).

SAÚDE
Saí um pouco da dieta e me alimentei mal no último mês, o que fez com que eu não só parasse de perder peso, como ganhasse alguns quilos. Preciso voltar ao foco da perda de peso, o que tem sido bem desafiador pra mim. Apesar de todos os incentivos da minha esposa, ainda não voltei pra academia e parei de caminhar/correr, o que atrapalhou bastante esta meta.
Peso 114,50 kg / Meta 95,00 kg.

CONSIDERAÇÕES FINAIS DO MÊS
Este mês tivemos alguns gastos não previstos, pois tivemos de fazer algumas obras na nossa casa (gostamos muito de fazer melhorias no nosso cantinho. É gratificante chegar do trabalho num lugar bacana e confortável). No entanto, foi muito importante para o meu mindset em relação ao dinheiro.
Coloquei na minha cabeça que preciso realmente de uma renda extra, mesmo tendo um salário razoável, meus custos são altos e seria bem interessante ver algumas jujubas caindo na minha conta. Como tenho pouco tempo disponível devido ao meu trabalho, tenho pensado diariamente no que fazer para melhorar minha renda.

Nota: Uso este blog para registro do meu patrimônio pessoal. Não faço recomendações de investimentos e nem tenho autorização para fazê-lo. Busque conhecimento, estude bastante e tire suas próprias conclusões sobre os investimentos do mercado. Não siga “conselhos”, faça seu próprio caminho.